Projectos

Notícias

Estúdio

  CASA LURDEZ

CLIENTE |  Privado

ARQUITECTURA |  co-autoria Mafalda Santiago e André Torres

3D |  Santiago & Torres arquitetos

LOCAL | Norte, Portugal

DATA | 2014

 

A proposta para a área de intervenção consiste na demolição do existente, devido ao seu estado devoluto, e a implementação de um edifício com três apartamentos. Após análise da área e sua envolvente chegamos à conclusão que os dois lotes adjacentes não têm qualquer relevância em termos de configuração dos alçados apenas na definição da cércea a adoptar para a proposta. Na verdade, a proposta responde aos seguintes condicionalismos: Alinhamento dos arruamentos e o alinhamento com as coberturas das construções adjacentes.

O desnível de terreno nascente/poente permitiu resolver o acesso ao edifício.

Optou-se por fazer o acesso ao edifício através da viela por dois motivos, primeiro tentar semi-enterrar a volumetria para conseguir os três pisos+ recuado e o segundo motivo prende-se com a configuração do lote, ou seja, a marcação do acesso pela praça inviabiliza a construção de habitação na parte mais estreita do lote devido à sua largura.

As tipologias propostas, compostas por T1+1, T2 e T1 estão distribuídas da seguinte forma:

O apartamento T1+1 desenvolve-se no piso 0 e é constituído por átrio de entrada, sala comum, cozinha, banho social, dois quartos e o pátio voltado para a praça.

O apartamento T2 disposto no 2º piso é constituído por dois quartos, um deles com banho privativo e um banho comum. Átrio de entrada, sala comum, cozinha, lavandaria, despensa e varanda.

O apartamento T1 desenvolve-se nos pisos 3º e recuado e é constituído por átrio de entrada, sala comum, cozinha, banho social, varanda e terraço. A comunicação com o recuado deste apartamento é feita por meio de escada em caracol interior que dá acesso ao quarto e terraço.

Abrir Slide Show     >

Partilhar no facebook

copyright  ©  Santiago & Torres 2014